domingo, 30 de agosto de 2009

FABRICANTE DE SONHOS

Criador

Graças à sua abordagem pouco convencional, Neil Gaiman é dos mais elogiados roteiristas de quadrinhos da atualidade

Por Maurício Muniz



Seus textos misturam terror, magia e até humor na medida certa. Como resultado, nos últimos 20 anos, o inglês Neil Gaiman é um dos quadrinhistas mais cultuados do mundo. Tanto, que seu Sandman talvez seja o personagem mais relevante dos anos 90, período marcado por uma infinidade de trabalhos ruins que quase levaram as grandes editoras à falência. Gaiman foi fino aperitivo nessa década recheada de culinária pobre.
Neil Richard Gaiman nasceu na cidade inglesa de Portchester, em 10 de novembro de 1960. Filho do dono de uma rede de mercados e uma farmacêutica, o garoto teve uma infância normal, na qual uma de suas diversões era ler gibis norte-americanos. Embora gostasse de super-heróis, em sua lista de personagens favoritos sempre contavam heróis pouco convencionais, como Spirit, Monstro do Pântano, Vingador Fantasma e Etrigan, o Demônio. Da mesma forma, suas revistas preferidas eram House of Secrets, House of Mystery e Witching Hour, todos títulos de terror da DC. Não por coincidência, muitos desses personagens e cenários apareceriam na obra de Gaiman ao longo dos anos seguintes.
Numa ocasião quando Gaiman ainda era pré-adolescente, um consultor vocacional passou por sua escola e perguntou ao garoto o que ele queria ser quando crescesse. "Escritor de quadrinhos americanos", respondeu sem demonstrar nenhuma dúvida.


FONTE: MUNDO DOS SUPER-HERÓIS # 11 - JULHO/AGOSTO 2008