domingo, 8 de dezembro de 2013

ROMANCES EM QUADRINHOS E FAROESTE CULTUADO

Boy Commandos #11
January 1, 1945

De volta a Nova York, Kirby achou que poderia continuar trabalhando nos títulos na DC, mas as coisas haviam mudado. Não só Boys Commandos deixou de ser um sucesso com o final da guerra, como também os donos da DC estavam menos inclinados a deixar que colaboradores terceirizados criassem conteúdo livremente para a empresa, sem que os editores coordenassem tudo. Kirby não gostou da nova situação. Mas ainda continuou desenhando Boys Commandos - onde ficaria até 1947 -, esperando Simon voltar de seu trabalho no exército e, juntos, foram procurar trabalho na Harvey Comics.

Lá, a dupla criou o super-herói Stuntman, que estreou em título próprio em abril de 1946, e trabalhou em revistas como Black Cat e Captain 3D. Paralelamente, criaram histórias para editoras menores como a Hilman e a Prize, em títulos como Real Clue Crime Stories, Airboy e Headline Comics. E foi na Prize que a carreira da dupla passaria por uma reviravolta.

Ao notar o sucesso dos livros e filmes românticos da época, Simon teve a ideia de criar revistas em quadrinhos que trouxessem casais apaixonados, romances impossíveis, namorados que se traem e todo tipo de contos sobre amores correspondidos ou não. Os amigos prepararam uma proposta e a ofereceram aos donos da Prize, que prontamente se interessaram pela revista. Na verdade, gostaram tanto que Simon e Kirby viram ali a oportunidade de fazer um acordo inédito: desenhariam e escreveriam a revista sem pagamento, mas receberiam 50% dos lucros. O acordo foi fechado.

Young Romance #1
Sept. 1947

Em setembro de 1947, a Prize lançou a primeira edição de Young Romance. Na capa, uma chamada avisava que aquela era uma revista "criada para os leitores adultos de quadrinhos". Ninguém poderia imaginar o sucesso que a publicação faria. Ao que consta, a primeira edição vendeu 92% de sua tiragem inicial, o que levou a Prize não apenas a transformar a revista num lançamento mensal, como também a pedir que Simon e Kirby criassem um segundo título, chamado Young Love. As vendas das duas revistas chegavam a dois milhões de exemplares e logo outros títulos do gênero foram lançados pela editora. Diferentemente de Martin Goodman, a Prize honrou seu acordo e Simon e Kirby ganharam muito dinheiro pela primeira vez em suas vidas. Agora um pai de família com dois filhos, Kirby logo tratou de comprar uma casa em Long Island, Nova York, para sua família.

Young Love #1
Feb, 1949

Em 1950, a dupla de astros dos quadrinhos ainda criou o título Boys' Ranch para a Harvey, sobre um grupo de garotos que tomam conta de um rancho. Com apenas seis edições lançadas, Boys' Ranch é um dos trabalhos mais cultuados de Simon e Kirby.

Por Mauricio Muniz

MUNDO DOS SUPER-HERÓIS #25 - Janeiro/Fevereiro de 2011 - Editora Europa.