sábado, 21 de dezembro de 2013

INÍCIO COM LOBISOMENS E KUNG FU

Creatures on the Loose 35-A
Comic Book by Marvel
May 1975

A carreira de Pérez nas HQs começou, como a de muitos desenhistas, no universo dos fanzines. Um dia, o artista reuniu várias amostras de seu trabalho e foi à primeira convenção de Jornada nas Estrelas dos Estados Unidos, para contatar editores dessas revistas feitas por fãs.

Apesar da recepção um tanto fria - seu traço não era, nem de perto, tão formidável quanto é hoje -, conseguiu a chance de colaborar em fanzines com alguns artistas e editores famosos no início dos anos 70.

Um desses nomes era Sal Quartuccio, editor do fanzine Phase, que apresentou Pérez a Rich Buckler, desenhista da Marvel. Na época, Pérez já vira seu trabalho recusado pela DC inúmeras vezes e estava trabalhando como caixa de banco. Portanto, quando Buckler convidou Pérez para ser seu assistente na Marvel, o jovem agarrou a oportunidade sem hesitar. Buckler conseguiu que Pérez desenhasse uma história de duas páginas na edição 25 de Astonishing Tales, lançada em agosto de 1974. Foi o primeiro trabalho profissional do garoto de origem porto-riquenha.

Após um ou outro trabalho menor, Pérez desenhou histórias de Lobisomem entre os números 33 a 37 de Creatures on the Loose, começando em janeiro de 1975. Ao mesmo tempo, ilustrou a série Os Filhos do Tigre na revista Deadly Hands of Kung Fu 6. Ele trabalharia de forma irregular na revista até a edição 24, de maio de 1976, e criaria, ao lado do roteirista Bill Mantlo, o personagem Tigre Branco, que teria vida longa na Marvel.

Por Maurício Muniz

MUNDO DOS SUPER-HERÓIS #10 - Maio/Junho de 2008 - Editora Europa.