segunda-feira, 9 de março de 2009

Quantos Robins foram parceiros de Batman?

Oficialmente, Batman teve quatro parceiros que vestiram o uniforme de Robin. Primeiro, Dick Grayson, acrobata de circo que ficou órfão quando seus pais despencaram do trapézio, sabotado por um bandido. Bruce Wayne o adotou em Detective Comics 38 (abril de 1940). Dick cresceu, foi para a faculdade, virou líder dos Novos Titãs, começou a divergir de seu mentor e pôs fim à parceria, adotando uma nova identidade: Asa Noturna.

O posto de Robin não ficou vago por muito tempo. Em Detective Comics 526 (maio de 1983), Jason Todd estreou como o Menino-Prodígio. Ele foi “recrutado” pelo Batman depois de roubar os pneus do batmóvel! No entanto, seu fim foi trágico. Em Batman 428 (dezembro de 1988), depois de convocados pelos editores para decidir o destino do personagem numa votação por telefone, os leitores decretaram que o Coringa deveria matar o segundo Robin. E assim ele o fez, a golpes de pé-de-cabra.

Batman relutou para aceitar um novo parceiro, o que ocorreu em Batman 457 (dezembro de 1990), depois que o jovem Tim Drake descobriu a identidade secreta do herói. Em Robin 127, ele foi substituído por Stephanie Brown, uma garota que combatia o crime como a vigilante Salteadora.

O segundo Robin nos braços de Batman: leitores “mataram” o Menino-Prodígio

Fonte: Coleção 100 Respostas - Super-Heróis (Mundo Estranho) 2004