sexta-feira, 1 de novembro de 2013

A LINHA ABC

(DC/WildStorm, 1999-2004)

Tom Strong 1-A
Comic Book by America's Best Comics
Jun 1999

O mais recente trabalho de Moore, a linha America's Best Comic representou sua última investida no gênero dos super-heróis. Mas, dessa vez, ele preferiu fazer à sua maneira. De aventuras místicas em Promethea a histórias super-científicas em Tom Strong, passando por um drama criminal no estilo Nova York Contra o Crime em Top 10, o autor produziu uma linha de revistas que encheu os olhos dos fãs e deixou os leitores pedindo por mais.

Quando comecei com a linha ABC, estava tentando sintetizar uma série de gibis que, para mim, pareciam ser o que o mercado editorial precisava naquela época. Criei vários personagens que, embora possam ter uma vaga semelhança com super-heróis, não saíram da mesma faixa estreita de influências que eles parecem ter saído.

Eu procurei me inspirar nos heróis dos pulps. Se preferir, retrocedi a fita para um período anterior a Action Comics # 1 (a revista onde estreou o Superman), e procurei imaginar como teria sido se as coisas tivessem seguido um rumo diferente.

O que tentei fazer foi criar uma espécie de Arca de Noé, em que algumas de minhas ideias favoritas estariam protegidas em meio à tempestade que estava então se abatendo sobre a indústria dos quadrinhos.

Agora, essa experiência está chegando ao fim e não conseguimos salvar o universo. Provavelmente, não fizemos nem metade do que pretendíamos. Mesmo assim, estou muito contente. Não tenho a pretensão de dizer que a linha ABC teve algo a ver com a recuperação da indústria de quadrinhos. Tenho certeza de que apareceram vários outros títulos que venderam muito mais e que, provavelmente, atraíram mais pessoas para as bancas. Mas creio que, em termos gerais, contribuímos para melhorar um pouco a qualidade.

Fonte: Wizard Brasil 5 - Fevereiro de 2004.