sábado, 30 de novembro de 2013

DICIONÁRIO DO MORCEGO TRAZ TUDO E MAIS UM POUCO SOBRE O BATMAN


Você sabe quem é Byron Keith? Ora, o prefeito de Gotham City no seriado de 1966. E "A Esfinge"? Trata-se de uma das traduções que o Charada teve no Brasil. E quem em Camburi/ES o quiosque Batmar é identificado com o símbolo do Morcego? Estas divertidas curiosidades integram os quase 1,5 mil verbetes do completíssimo Dicionário do Morcego, (formato 16 x 23 cm, 276 páginas, R$ 35,00), lançado pela Flama Editorial e à venda em livrarias e gibiterias.

O autor é o jornalista mineiro Silvio Ribas, grande conhecedor do universo do Cavaleiro das Trevas. Na obra, além de falar sobre todas as várias versões da Dupla Dinâmica, os coadjuvantes das HQs, criadores, obras estreladas pelo Morcego, atores que participaram de filmes do herói, desenhos animados, games e muito mais, são levantadas "pérolas" como a do fã pernambucano Edmar de Oliveira, que se vestiu como o herói para pedir votos nas eleições de 1994.

Ribas ainda lista uma série de números (teses em universidades, empresas que usam sua marca, bilheterias no cinema etc.) sobre o Batman, classificado como o mais lucrativo, reproduzido e adaptado produto da indústria do entretenimento em todos os tempos.

Por ser tão abrangente, o Dicionário do Morcego tem tudo para agradar até quem não é iniciado no Cavaleiro das Trevas, além de servir como excelente fonte de referência para pesquisas e trabalhos jornalísticos.

Por Sidney Gusman

WIZARD BRASIL #22 - Julho de 2005 - Panini Comics.