domingo, 20 de novembro de 2011

Gêmeos

Nascidos entre 23 de maio e 22 de junho



Dizem que o signo de Gêmeos é o mais fácil de ser reconhecido. Antes de mais nada, os geminianos em geral falam um bocado, de maneira que você tem oportunidade de observar esse charme urbano, espirituoso, cosmopolitano, em qualquer situação social. (Lembre-se de David Ninen e Marilyn Monroe, dois famosos geminianos.) Os geminianos também são facilmente reconhecíveis por não se encontrarem onde você os deixou. E é voz corrente em astrologia que não se pode amarrar um geminiano com corda pesada e esperar que esse silfo permaneça dócil e pacientemente esperando que se dê um puxão na corda. O mais provável é que ele faça algum truque à la Houdine e desapareça bem diante de seus olhos, deixando-a com a corda na mão. Imprevisível é outra palavra que assenta muito bem a um típico geminiano; mutável como o mercúrio, adora disfarces e mímicas, é fascinado por tudo, embora logo se aborreça com as coisas. Interessa-se por muitos assuntos, mas é capacitado em poucos, pois o mundo é vasto e há muito que aprender, fazer e dizer para ficar perdendo tempo, mergulhando nas profundezas e deixando passar todas as outras oportunidades. Numa escala maior e mais extensa, o signo de Gêmeos é a borboleta do zodíaco (algumas são menores e mais vivas que outras, mas todas voam), agradando à vista de quem as vê por um breve momento, enquanto pousadas sobre uma flor privilegiada, para depois continuar seu voo. É claro que existem os geminianos versados em algum estudo particular, em alguma arte ou profissão - mas mesmo estes têm de achar diversificação e versatilidade naquilo em que se ocupam. Você nunca encontrará um ator geminiano, por exemplo, sempre interpretando o mesmo tipo de papel.



Pelo lado negativo, os geminianos têm sido acusados de ser superficiais e frívolos; mas isto não é verdadeiro nem justo. A mente geminiana é muito capaz de pensar profundamente e ter concentração quando isso se faz necessário. O campo das ideias é seu local de caça preferido. O que acontece é que a mente de um geminiano trabalha de maneira curiosamente não-linear. Ele sabe que, se você ficar muito tempo pensando numa só coisa, sua tendência é perder todas as associações e conexões, e os geminianos não almejam adquirir conhecimento especializado e profundo em coisa alguma. O que eles buscam é um largo e abrangente espectro de conhecimentos que só pode ser adquirido fazendo uma parada em cada porto. Eles gostam de sátiras e de frases que, em poucas palavras, digam tudo o que querem expressar sem necessidade de entrar em grandes detalhes. Eles também apreciam o que seja interessante no seu presente momento. Sua concentração não é confusa, como a de muitos piscianos, e tampouco são esquecidos. O que acontece é que eles se distraem facilmente. Muitas coisas chamam a sua atenção ao mesmo tempo. E por que não? A vida para gêmeos é cheia de coisas que se movem e, para onde quer que elas se movam, eles se movem com elas.



Às vezes, o astuto mimetismo do geminiano pode ser cortante e embaraçoso, isso porque ele é mestre em encontrar exatamente o gesto e a expressão que apresentam uma situação inteira num simples relance. Em geral, sua intenção não é cruel; mas, como está constantemente com a cabeça em outro mundo, nem sempre ele percebe as reações emocionais que o cercam. Ele próprio não é muito vulnerável e tem o precioso dom de rir de si mesmo também. Você pode até imitá-lo, se quiser. O que ele não entende é uma pobre alma que se desfaz em lágrimas por causa de uma brincadeirinha. O que foi que ele fez? Não importa. Está claro que é hora de ir andando.



Gêmeos está acima da média, principalmente em jornalismo, com uma técnica de escrever ou reportar que mostra todo um acontecimento em poucas imagens elucidativas. E a pressa em comunicar-se é muito forte neste signo, bem como a pressa em aprender. Há algo eternamente infantil na cabeça dos geminianos. Se você tomar o ciclo do zodíaco como um símbolo dos diversos estágios do desenvolvimento humano, Gêmeos, sendo o terceiro signo, representa o estágio em que começa o processo de pensar. Observe uma criança quando ela se interessa por alguma coisa. Seu interesse pode durar pouco; mas, assim que descobre algo, tem de contar isso a todo mundo. Essa atitude é tão natural para ela como respirar. Os geminianos muitas vezes monopolizam as conversas durante horas, não porque queiram ter uma atenção especial, como alguns leoninos, mas porque, se eles sabem algo interessante, a coisa mais natural é contá-lo a todo mundo.