domingo, 6 de novembro de 2011

UMA ILHA QUASE DESERTA


Um homem abre os olhos no meio da selva. Corre até a praia e encontra destroços do avião em que voava, alguns corpos e pessoas feridas. Entre eles há uma fugitiva, um músico viciado em heroína, um casal de coreanos, um ex-soldado iraquiano e um careca espantado com o fato de seus pés se mexerem. O grupo se depara com uma ilha deserta - na verdade não tão deserta assim. É habitada por um misterioso monstro de fumaça, ursos polares, uma francesa sozinha há 16 anos e homens maus que sequestram crianças. Alguns dos sobreviventes encontram uma estranha escotilha e passam um bom tempo tentando abri-la. Caso você não tenha assistido e reassistido o início de Lost, é bom se lembrar do que aconteceu.

Fonte: O Fim de Lost - Superinteressante 275-A - Fev/2010
pág. 13