domingo, 20 de novembro de 2011

As muitas vidas de um HERÓI

Flash Comics Vol 1 #1
January, 1940


O Gavião Negro ocupa o topo da lista das cronologias mais confusas.
Saiba por quê.

by Jota Silvestre

No final de 1939, o escritor Gardner Fox tinha um desafio: criar um herói para completar o mix da edição de estreia de outro personagem seu, o Flash (Jay Garrick). Fox buscou inspiração nas lendas e no antigo sonho do homem voar. O resultado foi a história de Carter Hall, um arqueólogo que foi tomado pelas lembranças de uma encarnação anterior em que viveu como o príncipe Khufu, no antigo Egito, e foi assassinado junto com sua amada Shiera (mais tarde renomeada para Chay-Ara) pelo sacerdote Hath-Seth.

Quando saiu do transe, Carter encontrou acidentalmente a jovem Shiera Sanders e imediatamente a reconheceu como a reencarnação de Chay-Ara. Com uniforme criado a partir de artefatos de sua coleção e o poder de voar graças a uma de suas descobertas, o metal Enésimo, Carter assumiu a identidade do Gavião Negro e enfrentou o Doutor Hastor - na verdade, seu inimigo Hath-Seth, também reencarnado, Carter e Shiera enlaçaram um romance e, no ano seguinte, ela assumiu a identidade heroica da Moça-Gavião.

Depois da aventura de estreia, publicada em janeiro de 1940, o Gavião Negro ganhou destaque e passou a revezar-se com o Flash nas capas da revista Flash Comics até 1949. Ele também integrou a Sociedade da Justiça da América e foi líder do grupo na maior parte do tempo.

A partir da metade da década de 1950, super-heróis do passado começaram a ser reformulados com base numa regra imposta pelo então editor da DC Julius Schwartz: no lugar de fenômenos sobrenaturais entrava a ficção científica.

A cada atualização do herói, sua história ficava mais complexa

Pelas mãos do mesmo Gardner Fox, o novo Gavião Negro estreou em 1961 na revista The Brave and The Bold 34 com Katar Hol, policial do planeta Thanagar que veio à Terra em perseguição ao vilão Byth ao lado de sua parceira e esposa, Shayera. Para não alertar Byth, os alienígenas assumiram as identidades secretas de Carter Hall, o diretor do museu de Midway City, e sua secretária, Shiera Hall.

Byth foi capturado e mandado de volta para Thanagar, enquanto Katar e Shayera decidiram permanecer na Terra e passaram a ser chamados de Gavião Negro e Moça-Gavião (mais tarde, Mulher-Gavião). Em 1964, o Gavião Negro ingressou na Liga da Justiça da América, onde teve a oportunidade de encontrar Carter Hall - sua versão da Terra Paralela, o lar dos heróis da Era de Ouro - nas sucessivas reuniões que aconteciam entre a Liga e a Sociedade da Justiça naquela época.


The Brave and the Bold (1955) 34-A
Comic Book by DC, Mar 1961


Fonte: Mundo dos Super-Heróis - Número 20 - janeiro/fevereiro de 2010
págs. 16-18