sábado, 24 de outubro de 2009

Sem querer


Eu quero um dia de sol
Durante o inverno
E alguém que me jure
O seu amor eterno

Eu quero um céu de morango
E uma geléia
Feita de azul
Aprender a nadar
Uma viagem pro sul

Eu quero a paz mundial
E que a pipoca tenha mais sal
Dormir no sofá
Não ter mais que estudar

Eu quero achar meu fim e começo
E que tudo pare de ter um preço
Ter a mente sã
E balinhas de hortelã

Eu quero viver numa tribo
Que alguém venha dançar comigo
Viver em perigo
Ter um melhor amigo

Eu quero fazer bolhas de sabão
Dirigir na contra-mão
Catar conchinhas
Dormir com as galinhas

Eu quero pintar a rua com giz
Sapatos de verniz
Botar os pingos nos is
E criar o meu final feliz

Laura


FONTE: Conjunto Desordenado de Palavras

Outra flor no jardim:
Nosso lado infantil não morre nunca