sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

O mordomo Alfred sempre teve a mesma aparência?

Não. O mais fiel amigo do Batman, o mordomo inglês Alfred Pennyworth, estreou em 1943 (em Batman 16) e nem sempre foi magro, alto, com cabelo apenas nas têmporas e um bigodinho bem aparado. No começo, ele era gordinho, baixinho e metido a detetive. “Emagreceu” na Detective Comics 83, de janeiro de 1944.

Não foi só seu visual que mudou: o sobrenome também. O primeiro foi Beagle, em Detective Comics 96 (fevereiro de 1945); depois, passou a ser Thaddeus Crane, em Batman 104 (dezembro de 1956); e, finalmente, Pennyworth, a partir da edição 216 de Batman (novembro de 1969).

Em outubro de 1959, em Batman 127, enquanto espanava o pó da batcaverna, Alfred foi atingido por um raio que lhe deu poderes temporariamente, transformando-o no Águia!.

O mordomo também teve cinco versões em carne e osso: William Austin, no seriado de cinema de 1943; Eric Wilton, no segundo seriado da telona, em 1949; Alan Napier, na série da TV de 1966; Michael Gough, nos quatro longas-metragens; e Ian Abercrombie, na série televisiva Birds of Prey (que o SBT traduziu horrendamente como Mulher-Gato). Nenhum se parece com o mordomo das HQs. E a escrita continua, já que no próximo filme do Batman o papel ficará com Michael Caine.

Alfred

Fonte: Coleção 100 Respostas - Super-Heróis (Mundo Estranho) 2004