quinta-feira, 17 de março de 2011

SINESTRO

DOS ARQUIVOS PARTICULARES DE BRUCE WAYNE NO BATCOMPUTADOR

Sinestro é o que vai acontecer com Hal Jordan se ele não for controlado. O poder corrompe. E esses anéis parecem ser o que há de mais semelhante ao poder absoluto. Sinestro foi escolhido pela Tropa dos Lanternas Verdes para policiar a região específica de seu planeta natal. Ele foi escolhido por ser destemido.
Mas, com o tempo, o poder do anel o transformou. Sinestro começou a comandar e abusar dos mundos que tinha sido incumbido de proteger. Os Guardiões o detiveram. Tiraram seu anel. Pretendendo lhe ensinar uma lição, baniram o criminoso para um mundo de terrível crueldade e despotismo. Mas, para alguém como Sinestro, foi como ir para casa. A raça que vivia nesse lugar detestava os Guardiões e sua força policial intergaláctica. Criaram uma arma para Sinestro, um dispositivo com certo grau de ironia. Eles lhe deram um anel que operava exatamente como os da Tropa dos Lanternas Verdes. No entanto, seu anel não se nutria da bateria central da Tropa. E era capaz de destroçar qualquer coisa gerada por um anel de Lanterna Verde.
Foi mais do que um desejo de vingança contra a Tropa dos Lanternas Verdes que fez Sinestro odiar especialmente e atacar Hal Jordan. É algo muito mais pessoal. Jordan não foi corrompido pelo anel como aconteceu com Sinestro. Jordan era ovacionado como o maior Lanterna Verde de todos os tempos. Então, apesar de ter um anel energético superior, uma fraqueza se revelou: o orgulho de Sinestro.


Fonte: JUSTIÇA # 11 (JANEIRO/2008)