quinta-feira, 17 de março de 2011

CORINGA

DOS ARQUIVOS PARTICULARES DE BRUCE WAYNE NO BATCOMPUTADOR

O meu pior inimigo começou a sua carreira como um ladrão conhecido como Capuz Vermelho. Na primeira vez em que nos enfrentamos, ele caiu em um recipiente de resíduos químicos de uma fábrica de cartas em Gotham City. Os produtos alteraram as características do ladrão, exacerbando suas feições, deixando a sua pele branca, seus lábios vermelhos e seu cabelo verde.
Acreditando que este acidente foi um presságio, ele abraçou sua nova aparência e a ironia do que aconteceu na fábrica de cartas de baralho. O Capuz Vermelho tornou-se o Coringa.
Ele adotou uma série de piadas como armas mortais - incluindo apertos de mão elétricos, flores de lapela que esguicham ácido e muito mais.
Estou convecido de que, embora seu instinto assassino, sua risada maníaca e seu comportamento enlouquecido sejam pontos de seu eu insano, ele está bem distante dessa aparente loucura. A maior piada do Coringa foi ludibriar a sociedade durante todos estes anos, mascarando-se como um homem louco, com o objetivo de ser atirado em uma instituição e tratado com cuidado quando preso, para ser reabilitado e não punido em uma penitenciária. É uma estratégia digna de um grande jogador de cartas, talvez isso justifique a alcunha que recebeu, honrando o nome dessa importante carta do baralho.


Fonte: JUSTIÇA # 12 (FEVEREIRO/2008)