segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

BARBEADOR ELÉTRICO

Jacob Schick

O tenente-coronel Jacob Schick, do exército americano, não estava muito satisfeito com o resultado das lâminas de barbear que recebera. Quando não havia água ou creme, ele não conseguia fazer a barba. Durante o inverno, quando a água quente acabava, era outro sacrifício. Ao deixar o exército, em 1918, ele pensou em um "barbeador a seco", operado por um motor elétrico, inicialmente patenteado no ano de 1923. Seu barbeador elétrico foi lançado comercialmente em 1931, depois de ele hipotecar sua casa e se afundar em dívidas. No primeiro ano, Schick vendeu trezentos barbeadores elétricos. Em 1937, os números já haviam saltado para 2 milhões.

O Guia dos Curiosos - Invenções
Marcelo Duarte
Panda Books

pág. 12