sexta-feira, 17 de abril de 2009

Boas ações podem
corrigir erros.


Durante uma viagem, Buda encontrou um iogue apoiado numa perna só.
"Queimo os erros do meu passado", explicou o homem.
"E quantos erros já queimou?" perguntou Buda.
"Não tenho a menor ideia", disse o iogue.
"E quanto falta queimar?", insistiu Buda.
"Não tenho a menor ideia", foi a resposta.
"E como saber quando parar?", quis saber Buda.
"Não tenho ideia", disse o iogue.
"Então é hora de acabar com isso e entender que se corrigem os erros através das boas ações, e não da penitência", foi o comentário de Buda.


MAKTUB – Paulo Coelho