segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

2010 - O Ano do Tigre de Metal

INIMIGOS ATÉ QUE A MORTE OS SEPARE


Outra tendência do ano são os inimigos. Provavelmente, eles já estavam presentes em outros anos, mas não com a intensidade de 2010. O mais incrível é que haverá muitas brigas (físicas, verbais ou nos bastidores) não exatamente pelos inimigos que temos, mas por nós. O Tigre dá ao ano um vigor maior aos que foram atacados ou traídos, fazendo com que estes reajam na mesma intensidade e usando as mesmas armas.

A ideia do olho por olho pode parecer muito atraente (especialmente quando somos nós que estamos apanhando injustamente), mas vale lembrar que um mundo onde a lei é aplicada, acabarão todos cegos. Vamos ter que nos controlar para não agir como nossos desafetos de uma forma que nos envergonharíamos de nós mesmos. Será mais um instinto que teremos que controlar.

Lembra de 2009? O Búfalo não nos deu uma energia quizumbeira e não era aconselhável bater de frente com quem quer que fosse. A diplomacia era a palavra. Infelizmente, eu esqueci disso e me estressei com gente que não merecia meu tempo.

Em 2010, o desafio é o contrário. Estaremos mais propensos a jogar cadeiras uns nos outros, mas o bom senso nos lembra de sermos diplomáticos. Às vezes, dá pra imaginar que o Universo é uma grande emissora de TV que preside esse grande reality show que é nossa vida. Olhe, mas não toque. Coma, mas não engula. Grite, mas em silêncio. Enfim, 2010 é um ano de instintos. A sabedoria estará onde devemos ceder a estes instintos ou superá-los. Afinal, somos Tigres, Ratos, Cachorros, Dragões... Mas também somos homens e mulheres e podemos sempre nos superar, ficando um pouquinho mais perto da Divindade.