quinta-feira, 8 de setembro de 2011

X-MEN: ORIGENS AUTOMÁTICAS

Por Maurício Muniz

X-Men (1963) 66-A
Comic Book by Marvel, Mar 1970


Se era um problema criar origens interessantes para os heróis Marvel, que tal fazer com que alguns deles já nascessem com poderes, graças a evolução genética de nossa espécie? Essa foi a ideia para um grupo de jovens mutantes, liderados por um mentor mais velho e preso a uma cadeira de rodas, que lutava para ser aceito num mundo que não o compreendia - em grande parte graças às ações de mutantes malignos como Magneto, que criavam um clima de tensão entre as espécies.

A revista onde surgiram Ciclope, Garota Marvel, Fera, Anjo, Homem de Gelo e Professor X foi lançada em setembro de 1963 e, ao contrário do que se poderia imaginar, não trazia a palavra "mutantes" no título. Martin Goodman, o "brilhante" dono da Marvel, achava que essa palavra não teria significado algum para os leitores e pediu a Lee um outro nome. Após quebrar a cabeça, o roteirista surgiu com X-Men, que significava "Homens com algo Extra". Mais uma vez, o desenhista da série foi Jack Kirby.

A revista foi um sucesso moderado e histórias inéditas foram canceladas na edição 66. Os números seguintes foram republicações até a revista ser cancelada na edição 93. Era essa a prova de que Stan Lee nem sempre acertava? Talvez, mas é impossível esquecer que a série voltaria no meio da década de 70, tornando-se um dos maiores sucessos da história dos quadrinhos em todos os tempos.

X-Men (1963) 93-A
Comic Book by Marvel, Apr 1975


X-Men (1963) 94-A
Comic Book by Marvel, Aug 1975


Fonte:
MUNDO DOS SUPER-HERÓIS # 14
JANEIRO/FEVEREIRO 2009

Pág. 31



Veja também:
UM INÍCIO MODESTO