quarta-feira, 28 de novembro de 2012

MULHER INVISÍVEL

(Susan "Sue" Storm Richards)

Numa visita casual, Susan Storm conheceu Reed Richards, um jovem universitário de 23 anos que alugava um quarto na casa de sua tia. Para Reed, o rápido encontro não teve importância, mas para Sue, ainda uma garota de 12 anos, foi amor à primeira vista.
Anos depois, Sue, já adulta, reencontrou Reed e conquistou o cientista, que trabalhava secretamente em um foguete experimental. Quando Reed decidiu fazer um voo não-autorizado, Susan disse que ele só embarcaria na nave se ela e seu irmão pudessem ir juntos. Exposta aos raios cósmicos durante o voo, Sue adquiriu o poder de criar um campo de invisibilidade ao seu redor, e assumiu o codinome de Garota Invisível.

Fantastic Four (1961) 4-A
Comic Book by Marvel, May 1962

A invisibilidade de Sue era pouco útil e sua função na equipe parecia apenas a de namorada de Reed. Com o decorrer das histórias, Sue percebeu que podia expandir seu campo de invisibilidade, tornando invisíveis pessoas e objetos. Mas a grande mudança veio com a descoberta de que ela podia criar campos de força, o que aumentou sua importância nas histórias.

Fantastic Four Annual 3-A
Comic Book by Marvel, Jan 1965

Em Fantastic Four Anual 3, de 1965, Reed e Sue se casaram e, pouco depois, tiveram seu primeiro filho, Franklin. Isso acentuou o caráter de família da equipe e reduziu a atuação da Garota Invisível. Mas, nos anos 80, as HQs de John Byrne redefiniram a heroína, que passou a ser mais confiante, mudou seu nome para Mulher Invisível e aprendeu a usar toda a extensão dos seu poderes.

Fantastic Four (1961) 242-A
Comic Book by Marvel, May 1982

Fantastic Four (1961) 550-A
Comic Book by Marvel, Nov 2007

Mundo dos Super-Heróis 5
Editora Europa
junho/julho 2007
pág. 20