quarta-feira, 5 de março de 2014

O PAI DA CRIANÇA

The Incredible Hulk (1968) 180-A
Comic Book by Marvel
Oct 1974
"And the Wind Howls...Wendigo!" 
1st appearance of Wolverine (cameo in last panel)

Trinta anos depois de criar Wolverine, LEN WEIN continua sendo um dos mais influentes autores dos quadrinhos modernos - mesmo que você jamais tenho ouvido falar dele

Por Richard Ho
Agradecimentos especiais a Paulo M. Agria

As luzes do cinema diminuem, deixando o público na escuridão. Na última fileira, um homem solitário senta-se em silêncio, esperando pelo começo do filme. Estamos no verão de 2000, X-Men, de Bryan Singer, começa a passar na telona, e o público de Woodland Hills, na Califórnia, Estados Unidos, vibra com cada soco, relâmpago e rajada óptica, aprovando em voz alta a esperada estreia dos mutantes no cinema.

Quando Hugh Jackman aparece pela primeira vez com seu olhar zangado de Wolverine, um único pensamento atravessa a mente do homem sentado na última fileira: "Esse é o meu garoto". Ele sorri com satisfação. "Essa é a minha criação."

Stan Lee não estava no cinema nesse dia. Chris Claremont estava do outro lado do mundo. John Byrne estava trancado numa mansão em Connecticut bolando uma história do Homem-Aranha. O homem que 26 anos antes criou um dos mais amados personagens na história dos comics sente um orgulho silencioso quando o feroz X-Man encara os companheiros, enfrenta oponentes ou ejeta as garras de adamantium. Seu nome é Len Wein. O silêncio é um reflexo de sua situação dentro do mundo dos quadrinhos - apesar do sucesso arrasador de sua mais famosa criação, ele continua desconhecido para a maioria dos leitores, tanto quanto a origem de Logan costumava ser até bem pouco tempo.

O fã típico provavelmente não perderia tempo na fila de uma convenção para ver Len Wein. E ele prefere assim.

"Quanto de ego você necessita ter nesse negócio?", indaga o roteirista e editor de 56 anos. "As pessoas que precisam saber que criei Wolverine sabem que o criei. Se perguntar a alguém na rua quem é o vice-presidente dos Estado Unidos, a pessoa provavelmente não será capaz de responder. O fato de não conhecerem quem criou Wolverine não faz nenhuma diferença para mim."

The Incredible Hulk (1968) 181-A
Comic Book by Marvel
Nov 1974
"And Now... The Wolverine!"
First full appearance of Wolverine.

Mesmo assim, não deveria ser surpresa que Wein, o aclamado roteirista de títulos com Justice League of America (Liga da Justiça) e Phantom Stranger (Vingador Fantasma); editor de histórias seminais como a Piada Mortal e Watchmen, de Alan Moore, e da fase de Marv Wolfman e George Pérez em New Titans (Novos Titãs); e co-criador de ícones como o Monstro do Pântano e os Novos X-Men, foi, na verdade, o homem responsável por trazer Wolverine para os quadrinhos.

Por isso, agora que o personagem acaba de completar 30 anos, a Wizard aproveita a oportunidade para comemorar outros êxitos do extenso legado de seu criador, que começou mais de três décadas atrás, no saguão da DC Comics.

Wizard Brasil - Ano 2 - Número 16 - Janeiro de 2005