sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Dossiê DC ANOS 1930

JLA

O início de tudo

Como golpes sujos e muita sorte criaram uma editora

Por Antônio Luiz Ribeiro

Primeiras revistas

A DC Comics nem sempre se chamou assim. Quando surgiu, em 1935, seu nome era National Allied Publications, empresa administrada pelo Major Malcolm Wheeler-Nicholson, um ex-militar que se aventurou no mundo editorial. A ideia de Nicholson era pegar carona nos recém-lançados gibis, como Famous Funnies, de 1933, e outras publicações que reprisavam tiras em quadrinhos dos jornais americanos.
A primeira publicação da National foi a revista New Fun, que tinha formato tabloide (cerca de 25,5 cm x 38 cm) e 36 páginas. New Fun chegou às bancas em fevereiro de 1935 com histórias de humor e aventura, como Pelion e Ossa, Jigger e Ginger, Jack Woods e Barry O'Neill. Não era um material extraordinário e tampouco lembrava gibis de super-heróis. Mesmo assim, o número 1 vendeu o suficiente para a National lançar novos quadrinhos. Após seis números de New Fun, a empresa lançou seu segundo título, New Comics, de dezembro de 1935, que saiu em um tamanho mais próximo ao dos atuais comic books. A partir do número 12 (janeiro de 1937), New Comics teve o nome aumentado para New Adventure Comics e, finalmente, a partir do número 32 (novembro de 1938), para Adventures Comics.
Em 1936, a National anunciou para dezembro seu terceiro título: Detective Comics. Seria o último gibi publicado pelo Major Malcolm Wheeler-Nicholson. O adiamento do lançamento do número de estreia de Detective para 1937 já dava sinais de que algo não ia bem para Nicholson na empresa...



FONTE:
MUNDO DOS SUPER-HERÓIS # 23
Setembro/Outubro de 2010

Pág. 14