domingo, 6 de julho de 2014

X-MEN - A TRILOGIA


O maior barato dos gibis da Marvel é a continuidade. Exemplo: se o Homem-Aranha perde o emprego em uma edição, ele estará ralando atrás de novo trabalho na edição seguinte. A preocupação com a cronologia sempre foi um dos grandes atrativos dos gibis de super-heróis, e X-Men: O Confronto Final encerra, com sucesso, a tradução desse espírito para as aventuras dos mutantes na tela grande. Bryan Singer já havia mantido o tom realista e o "arco" de histórias parecido com os dois primeiros filmes dos heróis mutantes no cinema, e agora Brett Ratner finaliza sua primeira saga, abrindo caminho para outras aventuras de Wolverine e cia. em celulóide - sempre se preocupando com o passado, mas tecendo novas tramas para o futuro.

O universo dos X-Men é mesmo favorável a essa expansão. Dos quadrinhos ao cinema, passando por séries animadas, pilotos de programas fracassados, brinquedos e incontáveis videogames, os mutantes dominaram o mundo com uma mistura bem dosada de ação ininterrupta com temas relevantes - como preconceito e segregação - levados para públicos de todas as idades. Neste especial a gente explora o primeiro "arco" de histórias no cinema e dá uma olhada no passado, presente e futuro dos mutantes em todas as mídias. Para tocar o barco, o colaborador (e X-fanático) André Gordirro - com uma e outra canetada deste que vos escreve - mergulhou fundo na mente do professor Xavier para revelar os segredos de uma das séries de ficção científica mais bem-sucedida no universo pop. Divirta-se!

Roberto Sadovski

SET ESPECIAL, Edição 23, maio de 2006 - Editora Peixes